Is this real?

Não podias ter ficado? Ficado por nós, ficado por mim. Podias ter ficado pelo nós que nunca existiu, pelo nós que quem sabe pudesse ter existido. Podias ter ficado pelo que tu significavas para mim, por aquilo que eu queria significar para ti.
Foi difícil ver-te partir, muito difícil. Parecia que a minha própria vida me estava a ser tirada quando me contaram. Parece que me arrancaram um pedaço do meu coração, um pedaço de mim. E este é um dos pedaços que eu nunca vou conseguir recuperar.
Preciso de ti, quero-te de volta. Sinto que não tivemos tempo nenhum juntos, não o suficiente. Às vezes chego a ter a sensação de que isto não é real. É real? Não me parece real.
Todos os textos que eu nunca escrevi sobre o quanto odiava que tu me tivesses deixado, sobre o quanto eu odiava ter sido substituída, não fazem sentido agora. Hoje sei que se não me falas, não é porque não queres. Não falas, porque não podes.
Pelo fim da nossa amizade, já não te culpo a ti, culpo-me a mim. Culpo-me a mim por não ter insistido mais, por não ter tentado compreender-te e lidar melhor contigo. Culpo-me por ter tido tantos ciúmes e não ter conseguido suportar ficar do teu lado. Culpo-me a mim por não termos tido mais tempo. Culpo-me a mim, e só a mim. Talvez se acreditasse em Deus, o culpasse a ele também. Mas não acredito e não ponho a culpa em cima de alguém que não a merece. Eu sou a única culpada. E podes ter a certeza de que me vou arrepender daquilo que fiz para o resto da minha vida.

Sempre tua, meu Fábio Ambrósio <3

1 comentários:

Enviar um comentário

Return top