Sempre aqui

A vida é fantástica, não há lugar para dúvidas quanto a isso. Quantas vezes já não passamos por um momento em que dizemos para nós próprios "Sou a pessoa mais feliz do mundo"? Quantos foram os infelizes que (não) passaram pela vida a correr, para agora mais tarde ao relembrarem um momento ao qual nunca teriam dado importância, desabafarem consigo mesmos dizendo "Fui a pessoa mais feliz do mundo"?
Quando todo o mundo se volta contra mim, quando já nada parece perfeito, quando o sol que brilhava por cima da minha cabeça se esconde, quando o inferno resolve descer à terra, quando o meu mundo deixa de me pertencer, quando tudo o que era lindo e maravilhoso resolve desaparecer... O que é feito de mim? O que é feito de mim nesses momentos?
Aí apareces tu, de braços abertos pronto a acolher-me, de ouvidos bem apurados prontos a ouvir-me com toda a tua atenção, de olhos tão generosos que quase poderião chorar comigo, de cérebro pronto a pensar em arranjar motivos para que eu não me sinta mal, de coração aberto para me ouvires com toda a paciência que possuis. E dessa tua boca tão expressível, tão capaz de demonstrar sentimentos, ouço sair com prontidão um "Que se passa amor?".
Digo nada, mas tu insistes, persistes e não desistes até que eu te conte o que realmente me vai na alma. Depois tentas arranjar motivos para me mostrares que eu afinal presto, ao contrário do que a maior parte das pessoas diz, e algures no meio de tudo isso, eu volto a arranjar forças para começar um novo dia.
Um novo dia em que tu não vais querer que eu diga mais disparates, um novo dia em que me vais voltar a explicar o quão importante eu sou para ti, um novo dia em que me vais levantar a auto-estima e levar esta dor no coração para longe de mim.
Mais um dia em que eu te vou amar louca e perdidamente, mais um dia em que te vou tentar explicar o porquê de não poder voltar atrás, voltar para ti.

1 comentários:

Estrelinha*

Tá tão lindo pah!
Bem .. eu tenho uma comunicação. Eu fiz uma lista de desejos tal como tu me aconselhaste. E sim, resultou. Conclui que há montanhas de coisas que eu quero fazer, montanhas de coisas mais importantes que um estúpido rapaz que me despreza. E no topo da lista dos meus desejos, escrevi com orgulho:
1# ESQUECER-TE !



Obrigada :D
Fazes-me bem :)

Enviar um comentário

Return top